Em nosso passeio pela mostra de decoração mais importante do país, que se estende até 23 de julho no Jockey Club paulistano, selecionamos dicas possíveis de replicar em nossas casas. Inspire-se nas boas ideias de mestres do décor!



Em ambientes onde há o predomínio do mobiliário contemporâneo, peças de época acrescentam ritmo e tornam a decoração ainda mais atraente. No Living Bar de Moacir Schmitt Jr. e Salvio Moraes Jr., o baú antigo faz parceria com a mesa lateral de linhas minimalistas. Sobre ela, chama a atenção o vaso Pós-Tropical, de sucupira e cobre, do designer gaúcho Guilherme Wentz.


Misture estilos e ganhe relevância num dos cantos da sala. Aqui, o escritório Todos Arquitetura combina a mesa Pétala, desenhada por Jorge Zalszupin nos anos 1950, com o pendente oriental. Efeito cênico e vibrante, arrematado com os vasos de plantas e o tapete xadrez. O castiçal de porcelana é da artista Paula Junchem.


Tons terrosos conferem aconchego
, como prova o projeto de Marília Pellegrini em seu Café Experiência DeLonghi. A mesa alta de pedra acinzentada ganha a companhia das banquetas Iaiá de Gustavo Bittencourt, revestidas de couro. O arranjo de vasos de cerâmica da artista Carolina Delleva segue a mesma paleta.


Na lateral da cama, fuja do convencional.
Na proposta da Yamagata Arquitetura, o tradicional criado-mudo dá lugar a delgada prateleira e a dupla de caixas, neste caso de vidro, apoiando e guardando livros e objetos. O vaso e o pote de pedra sabão levam a assinatura dos irmãos mineiros Susana Bastos e Marcelo Alvarenga, do Alva Design.



Para arrumar a mesa de centro, forme volumes de diferentes alturas. As arquitetas da Triplex dispuseram livros de arte, sobrepostos ou não, lado a lado respeitando uma distância comum entre eles. A caixa circular, a obra emoldurada em acrílico e os arranjos florais incrementam a composição. Os vasos solitários Ceza são do designer Rodrigo Khuri.



Do teto ao piso, madeira. O escritório Suite Arquitetos transformou seu Loft Romanov em um refúgio de tranquilidade ao revestir o ambiente com o material. Bem selecionado, o mobiliário mescla peças do design moderno brasileiro com o contemporâneo. A poltrona da esquerda, Eva, é do carioca Gustavo Bittencourt e a da direita, Paulistana, do polonês radicado em São Paulo, Jorge Zalszupin.


Na varanda ou no terraço, uma estante de plantas rouba a cena. A dica é da arquiteta paraibana Sandra Moura, idealizadora do Estúdio do Artista, que contou com a ajuda da equipe da Acta Botânica para escolher as espécies raras, dispostas na estrutura metálica. O ambiente homenageia o artista e escritor José Rufino, também da Paraíba e um apaixonado por botânica. Repare que na base do móvel, a profissional espalhou seixos acinzentados.


Descanso ao ar livre proporciona bem-estar. No espaço Miragem, da Lao Design e Plantar Ideias, montado na arquibancada do Jockey Club, Anne Galante, do estúdio Señorita Galante, fez um tricozão para quem quer relaxar e curtir a paisagem depois de muito caminhar pela mostra de décor. Em casa, replique a ideia com estofados que valorizem as matérias-primas naturais e o fazer artesanal.


Por Regina Galvão
Fotos Luiza Florenzano


Visite a loja dos designers e arquitetos presentes na “Casa Cor SP, 2017” na Boobam

Posted by:Boobam

Deixe uma resposta