O arquiteto Nildo José abre as portas de seu apartamento para a Boobam e revela sua preferência por um estilo de vida conectado à natureza e por uma arquitetura minimalista e sem excessos. Nos interiores, móveis assinados por Jean Prouvé e Jorge Zalszupin dividem espaço com peças de designers contemporâneos, como Ricardo Graham, Paulo Goldstein e Humberto da Mata.

180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-016
No apartamento de Nildo José os ambientes são totalmente integrados
180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-009
No living, o sofá foi desenhado por Nildo e o papel de parede leva a assinatura de Lucas Simões

Quando Nildo entrou no apartamento e olhou a vista da varanda, teve certeza de que era ali que queria morar. A paisagem da capital paulista ficava totalmente descortinada diante de seus olhos e era possível ver até mesmo bairros distantes. Com 80 m2 e pé-direito duplo, o apartamento fica em um predinho, na Vila Madalena, projetado pelo escritório franco-brasileiro Triptyque. “É um edifício especial. As entradas das unidades são independentes, o que dá bastante privacidade para os moradores”, conta Nildo.

180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-030
Nildo com a obra em forma de mandala, de Jacqueline Terpins, ao fundo
180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-011
A varanda é integrada à sala e tem plantas de diversas espécies. À direita, destaque para a Mesa Louça, de Humberto da Mata
180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-018
A área íntima, no mezanino sobre a sala de jantar, acomoda quarto e closet
180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-025
A mesa da sala de jantar acopla a televisão e foi desenhada por Nildo com o propósito de otimizar os espaços da casa
180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-036-1
Vaso V2, Paulo Goldstein + Conj. Potes Bola Sabão, Alva Design

Com as chaves em mãos, o arquiteto decidiu transformar o pé-direito duplo em mezanino e assumir a varanda, deixando-a aberta para o cenário da cidade, em vez de transformá-la em parte do living. No térreo, ficou o estar integrado à cozinha e os dois banheiros. E no segundo andar, o quarto e um closet espaçoso. “Como o apartamento é pequeno, eu conectei os cômodos e tirei partido da multifuncionalidade de móveis e ambientes. A cozinha, com os eletrodomésticos embutidos, faz parte da sala, que por sua vez se integra à varanda”, explica ele. “O meu apartamento anterior, da década de 90, era bastante setorizado, e eu não me identificava com a planta. Tinha o sonho de viver em um espaço integrado”.

180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-051
A tela metálica foi a solução encontrada por Nildo para permitir ventilação e integração do quarto com o térreo

180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-058

180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-056
Peseira Textura, Srta. Galante

Nildo se mudou há quase um ano e trouxe para cá apenas móveis novos, com a proposta de criar interiores elegantes e com leve referência industrial. Estão ali mobiliário contemporâneo brasileiro e italiano e itens assinados por Jean Prouvé e Jorge Zalszupin, além de produtos desenhados por ele, caso do sofá verde e da mesa de jantar.

180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-027
Na sala de estar, o branco é predominante, pintando revestimentos e mobiliários

180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-042

180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-045-1
Mesa Louça, Humberto da Mata

180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-044

Quem entra na casa, logo reconhece a identidade do trabalho de Nildo. “Foi a primeira vez que fiz um projeto para mim. Trouxe muito do DNA dos meus projetos”, pontua. O estilo minimalista, que valoriza o essencial em detrimento de escolhas exageradas, assim como a paleta de tons neutros e a relação íntima dos interiores com a natureza são marcas registradas da arquitetura do anfitrião que se fazem fortemente presentes ali. “Gosto da casa sem frescura. O piso de cimento queimado, reforça o clima ‘pé no chão’”.

180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-022
Outro ângulo da sala de jantar, cuja mesa de madeira acopla a televisão e serve de degrau para a escada, que leva ao quarto

O branco é onipresente, passando dos móveis aos revestimentos. Chama a atenção o papel de parede da sala, assinado por Lucas Simões. “O interior marcado pelo contraste do branco com o branco foi proposital. Não à toa, acomodei a obra em forma de mandala, da Jacqueline Terpins, sobre o papel de Lucas”, conta ele. Plantas e árvores também roubam a cena. Na varanda, onde ocupam quase que a totalidade da área, há um encontro de espécies raras e singelas com outras mais comuns. É ali, no limiar entre o ambiente a céu aberto e o living, que Nildo passa a maior parte de seu tempo – ora descansando na poltrona, ora cuidando das plantinhas.

180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-010
Cadeira 3 Pés, Ricardo Graham / Oebanista

180927-luizaflorenzano-boobam-aptnildojose-003

Nascido na Bahia, o arquiteto vive há treze anos em São Paulo, onde tem o escritório homônimo. Formado na Universidade Presbiteriana Mackenzie, na capital paulista, ele nunca chegou a trabalhar com grandes nomes. “Eu gostaria de ter colaborado com arquitetos que admiro, como o Isay Weinfeld, mas não tive tempo”, diz. Antes de pegar o diploma, Nildo fez o apartamento de um amigo e, na sequência, começaram a aparecer muitos outros clientes. Atualmente, ele tem uma equipe de dez profissionais e residências entregues em cidades brasileiras e também estrangeiras, como Nova York e Los Angeles. “As pessoas já reconhecem a linguagem do meu trabalho e minha preferência por uma estética elegante e simples, nada extravagante. É muito bom trabalhar com quem gosta do meu trabalho”.

Jornalista convidada: Flora Monteiro
Matéria exclusiva para o Blog Boobam
Fotos: Luiza Florenzano

 

Flora Monteiro
Posted by:Flora Monteiro

4 replies on “A Casa do Arquiteto – Nildo José

Deixe uma resposta