Curador do pavilhão brasileiro na Bienal de Design de Londres e idealizador da feira MADE, Waldick Jatobá indica os eventos imperdíveis do festival urbano Design Weekend, que acontece até domingo na capital paulista.

Com o objetivo de promover a cultura do design e suas conexões com arquitetura, arte, decoração e urbanismo, a 7a edição do DW! São Paulo reúne, até o dia 2 de setembro, mais de 300 eventos espalhados por toda a cidade. Palestras em instituições educacionais, visitas guiadas em galerias e ateliês, exposições, instalações, intervenções artísticas e urbanas e lançamentos de produtos em lojas compõem a programação.
As ações independentes acontecem simultaneamente, integradas por um programa oficial. Mas como fica impossível conferir todas elas ou mesmo decidir qual evento vale mais a pena, a Boobam convidou Waldick Jatobá para indicar as atrações imperdíveis.

Sempre com a agenda lotada, o idealizador da feira nacional de design colecionável MADE já está de malas prontas para embarcar para Londres, onde assina a curadoria do pavilhão brasileiro em sua estreia na Bienal de Design da capital inglesa, que abre ao público no início de setembro. Waldick leva para território inglês uma instalação assinada pelo artista carioca David Elia, que reflete a preocupação diante do desmatamento. “É uma exposição lúdica e sensorial que chama a atenção das pessoas para a importância da preservação das nossas florestas”, conta o curador.

Para quem está de viagem marcada para Londres, fica a sugestão de visita à Bienal de Design inglesa. E para aqueles que pretendem ficar em São Paulo no final de semana, que tal seguir o roteiro do Waldick pelo DW! 2018?


Confira a seguir as principais atrações apontadas por ele!

DW!-capa

A Alameda Gabriel Monteiro da Silva, rua com a maior concentração de lojas de design do país, concentra a maior parte das ações – no total são 55 endereços participantes –, por isso a sugestão é começar por ela, subindo da Rua Estados Unidos até a Avenida Brigadeiro Faria Lima.

Eduardo Magalhães_Final-47 copy

Modernos Eternos
Móveis e objetos de design atual, vintage e de antiquários, além de obras de arte, compõem os dez ambientes assinados por expoentes da arquitetura nacional da mostra. Estão espaços assinados por Ana Maria Vieira Santos, Dado Castello Branco, David Bastos, Gustavo Neves, In House, Luciana Teperman, Marco Aurélio Viterbo, Murilo Lomas, Sig Bergamin e Wesley Lemos.

“Vale muito a pena visitar o espaço do Sig Bergamin. O Arquiteto criou um gabinete de curiosidades, reproduzindo um cantinho de um colecionador”, conta Waldick. As peças que compõem os espaços são colocadas à venda para o público do evento.

Eduardo Magalhães_Final-46 copy
Modernos Eternos
Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 689, Jardim América

Sexta à domingo, das 13h às 20h; R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
(11) 3721-6076
modernoseternos.com

Eduardo Magalhães_Final-37 copy

Líder Interiores
A loja apresenta a coleção Mestres do Brasil. Os estúdios e designers Nada Se Leva, Glauciene Duarte, Lattoog, Plataforma 4, Alva Design, Bruno Faucz, emDoïsdesign, Isabela Vecci, Ana Vaz e Suíte Arquitetos assinam peças inspiradas nos trabalhos de grandes nomes nacionais como Oscar Niemeyer, Bernardo Figueiredo, Joaquim Tenreiro e Jorge Zalszupin.

Eduardo Magalhães_Final-43 copy
Detalhe Banco Moça assinado pela Alva Design para a Líder Interiores.

Eduardo Magalhães_Final-38 copy

“Existe um diálogo natural e uma intersecção de pensamento e criação entre arte, arquitetura e design. É muito bom ver ações que valorizem a quebra de barreiras entre esses saberes”, explica Waldick.

Eduardo Magalhães_Final-39 copy
Líder InterioresAlameda Gabriel Monteiro da Silva, 813, Jardim América
Sexta à sábado, das 10h às 19h; gratuito
(11) 2368-7371
liderinteriores.com.br

IMG_9530_vídeos-da-mostra-EMERGÊNCIA

Estar Móveis
A exposição Emergência marca a participação da loja no DW! 2018. Nas palavras do curador, o artista Felipe Morozini, “a mostra entende a arte e o design como cura. Anestesiados estamos, felizes ficamos. Faltam paciência, tempo e humanidade. Sobram ansiedade medo e preconceito. É tempo de revolução”. Participam os designers Ana Neute, Nicole Tomazi, Giácomo Tomazzi, Ian Diesendruck e Zanini de Zanine, entre outros.

“Acho muito positiva a postura da Estar Móveis de aproveitar o festival para mostrar um conceito e criar uma experiência para o público visitante, fugindo da obviedade de mostrar lançamento de produto”, pontua Waldick.

IMG_9518_Obra-Diálogo_designer-Giovani-Caramelo
Estar Móveis
Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 1080, Jardim América

Sexta à sábado, das 10h às 19h; gratuito
(11) 3081-9036
estarmoveis.com.br

Eduardo Magalhães_Final-32 copy

By Kamy
A loja apresenta a exposição coletiva Manifesto Tramas das Artes, que promove a transição entre o design têxtil e a arte contemporânea, mostrando um novo ideal sobre a arte, sob a curadoria da psicóloga e escritora Daniella Bauer. A mostra reúne peças de artistas como Niobe Xandó, Gilvan Samico, Di Cavalcanti e Tarsila do Amaral, transportadas para tapeçarias de artistas contemporâneos, como Luisa Editore, Mónica Millán e Nicole Tomazi, que desenvolveram trabalhos exclusivos para o mesmo suporte.

Eduardo Magalhães_Final-31 copy

Segundo Waldick, a exposição é muito consistente e tem uma curadoria criteriosa. “É muito interessante ver o diálogo entre a arte contemporânea e a moderna por meio do suporte dos tapetes”, diz.

Eduardo Magalhães_Final-34 copy
By Kamy
Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 1147, Jardim América

Sexta, das 10h às 19h; sábado, das 10h às 17h; e domingo, das 10h às 14h; gratuito
(11) 3081-1266
bykamy.com.br
IMG_1002 copy
Foto:  Vinícius Stasolla

Museu da Casa Brasileira
Para fechar o roteiro na Alameda Gabriel Monteiro da Silva, vale seguir para o Museu da Casa Brasileira, nas proximidades, onde está em cartaz a exposição Indústria Artesanal. A mostra apresenta o trabalho do escritório suíço Atelier Oï, formado pelos arquitetos Aurel Aubi, Patrick Raymond e o construtor de barcos Armand Louis.

IMG_0993
foto:  Vinícius Stasolla
IMG_0984
foto:  Vinícius Stasolla

O grupo se destaca pela experimentação com materiais, fundindo a prática artesanal à alta indústria. A mostra tem curadoria de Albrecht Bangert, especializado em exposições de design e arquitetura. Segundo Waldick, o Atelier Oï trabalha o artesanal e o industrial de maneira espetacular. Vale a pena visitar – e ainda dar uma paradinha para comer no restaurante Santinho, da chef Morena Leite, que fica dentro do museu com vista para o jardim.

IMG_0975
Museu da Casa Brasileira
Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2705, Jardim Paulistano
Sexta a domingo, das 10h às 18h; gratuito
(11) 3032-3727
mcb.org.br

 

Eduardo Magalhães_Final-57 copy

Aesop
Em outro bairro da cidade, a loja Aesop, na Vila Madalena, vai estar com a vitrine assinada pelo Fernando Campana em parceria com Instituto Campana e a feira de design MADE.

_DSC3508
Humberto Campana e, ao fundo, parte da instalação que ocupa a vitrine da loja da Aesop, na Vila Madalena

_DSC3517

Segundo Waldick Jatobá, a instalação feita de isopor marca a presença da MADE no DW!. Ela foi apresentada no formato de um painel na feira de design idealizada por ele em junho na capital paulista, e ganha durante a Design Weekend uma releitura para se adaptar ao conceito de vitrine.

Eduardo Magalhães_Final-60 copy

Na ocasião, estarão à venda os vasos e as fruteiras da coleção Tijolo, feitos em colaboração com a ONG Aliança de Misericórdia sob orientação dos irmãos Campana. A loja de cosméticos australiana foi inaugurada em 2016, e também tem a arquitetura assinada por Fernando e Humberto Campana.

Eduardo Magalhães_Final-59 copy
Aesop
Rua Harmonia, 343-345, Vila Madalena

Sexta, das 10h às 20h; sábado, das 10h às 18h; e domingo, das 12h às 18h; gratuito
(11) 3034-5879
aesop.com/br/
Coletivo
O Coletivo 462 é formado pelos designers com loja na Boobam: Ato, Bia Resende, Carol Magliari, Desyree Niedo, Fernando Barcelos, Gabriel de La Cruz, Marcelo Ribas, Nydia Rocha e Moblitz.

Inn Gallery
No bairro Jardins, a dica do roteiro é a Inn Gallery. Com o objetivo de transformar arte e design em uma experiência estimulante e lúdica, a galeria traz a exposição do Coletivo 462, composto por um grupo de designers formado a partir de encontros coordenados por Gerson Oliveira, cofundador da loja Ovo. Cada um deles apresenta de duas a três peças na mostra e, no sábado, às 14h, se reúnem para um bate-papo aberto ao público. A intenção do Coletivo, que estreou na MADE 2018, é compartilhar experiências e discutir ideias e soluções para os projetos, que são realizados de forma independente por cada membro.

mosaico-coletivo
Inn Galery
Rua Dr. Melo Alves, 138, Jardins

Sexta a domingo, das 10h às 19h; gratuito
(11) 2659-0630
inngallery.com.br

HighDesign2017_Feira e Estandes_405

High Design – Home & Office Expo
Uma das grandes atrações do DW!, a High Design acontece no São Paulo Expo e demanda ao menos meio período de um dia para ser visitada. A feira de negócios, focada em soluções para projetos de arquitetura e interiores, residenciais e corporativos, reúne produtos de marcas consagradas no mercado nacional – entre elas estão Ovo, Ameise Design, Branco Papel de Parede, By Kamy, Estúdio Sérgio Matos, Neolith, Sollos e Tidelli.

“É uma oportunidade para o público ver o designer contratado pela indústria exercendo o seu trabalho, e depois conferir o reflexo dessas expressões nas outras atrações do DW!”, pontua Waldick.

DSC_7836A High Design conta também com exposições como a Mostra do Prêmio Salão Design com as peças dos designers vencedores da premiação realizada pelo Sindmóveis Bento Gonçalves. Veja a sessão Prêmio Salão Design na Boobam com algumas das peças premiadas.

DSC_7939

20863407_1909619239287007_798647465388123663_o
High Design
São Paulo Expo – Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, Água Funda
Sexta, das 10h às 20h; gratuito
(11) 5067-1717
highdesignexpo.com

Eduardo Magalhães_Final-15 copy

Casa de Vidro
Para quem gosta de arquitetura e design, uma atração que não pode ficar de fora do roteiro é a visita à Casa de Vidro, um marco da arquitetura modernista projetado por Lina Bo Bardi. Residência de Lina Bo e Pietro Maria Bardi por mais de 40 anos, a casa abriga o acervo do casal, constituído por obras de arte, móveis, documentos e objetos, além de desenhos e fotografias.

Eduardo Magalhães_Final-12 copy

“A casa vai estar montada com o acervo do museu, refletindo a presença do casal Bardi. Tudo relacionado ao design da época vai estar ali nos ambientes”, diz Waldick. Há a opção de visitas guiadas por educadores.

Eduardo Magalhães_Final-9 copy
Casa De Vidro
Rua General Almério de Moura, 200, Morumbi
Sexta a sábado, das 10h às 16h; R$ 20 (inteira) e R$10 (meia)
(11) 3743 3875
http://institutobardi.com.br/

Visite o site oficial do DW!

DW2018-banner

Agradecimento: Waldick Jatobá
Jornalista convidada: Flora Monteiro
Matéria exclusiva para o Blog Boobam
Fotos: Eduardo Magalhães | Vinícius Stasolla

Posted by:Boobam

Deixe uma resposta