Filho de fabricante de móveis, o administrador Rafael Espindola vê na marca de mobiliário criada por ele a oportunidade de colocar em prática aprendizados que adquiriu com o pai e de criar processos independentes de fabricação e produção.

sapateirasRafael cresceu em meio aos maquinários e ferramentas da indústria de móvel da família. No galpão no interior de São Paulo, ele acompanhava os desenhos e ideias de seu pai se transformarem em mobiliário e saírem a caminho da loja na Alameda Gabriel Monteiro da Silva, na capital paulista, e no shopping de decoração D&D. “Eu sempre vi de perto a produção, mas nunca cheguei a trabalhar no negócio”, diz Rafael. “Quando eu era criança pude desenhar e executar os móveis do meu quarto. Eu nunca estudei ou trabalhei com design antes, o pouco que sei vem de experiências como essa”, completa.

Formado em administração de empresas pela FGV, em São Paulo, Rafael fez mestrado em International Management na Copenhagen Business School, na Dinamarca, e na University of Sydney, na Austrália. Foi no país nórdico que ele decidiu voltar às suas raízes e criar a WOODING.

20180901237508834-03
Stand da Wooding durante a High Design 2018

“Sou um grande admirador da cultura escandinava e da forma como ela se reflete no design em geral, combinando simplicidade funcional e qualidade”, conta ele. “Descobri ali que queria trabalhar com isso”.

IMG_5007-01

IMG_5169-01-02

A produção da WOODING, inaugurada no Brasil em agosto, apresenta algumas diferenças em relação ao processo de desenvolvimento e execução de peças da indústria da família de Rafael. O administrador tirou aprendizados importantes da empresa de seu pai e agora vê em sua empreitada a oportunidade de reinventar o modelo de negócio. “Não pretendo ter fabricação própria. Ao terceirizar a produção, tenho flexibilidade para crescer. Além disso, vamos focar muito no mercado online”, aponta. Outro aspecto que Rafael pretende adotar na WOODING é a não customização de peças. “Sem a personalização, consigo equilibrar qualidade e preço acessível”, diz. Já no quesito qualidade, ele vai seguir a receita da família. “Crescer organicamente e investir em produtos de qualidade, combinando a tecnologia que as máquinas modernas oferecem com alguns processos artesanais”.

Cama-pet-VANDER
Cama pet vander

Para a estreia da Wooding, Rafael desenhou 14 produtos com funcionalidades variadas, mas que têm em comum as formas simples e contemporâneas atreladas a um refinado padrão de acabamento. Todos à venda na Boobam, os móveis propõem soluções inteligentes para o uso diário e utilizam madeiras nobres escandinavas e brasileiras, além de outras matérias primas como aço carbono e granito. “Estar na Boobam é muito estratégico para fazer a marca ficar conhecida entre o público final, e não apenas por arquitetos e designers de interiores”, explica.

_MG_7993-1
Cama lund (queen)criado mudo lund
carrinho-BG
Carrinho BG
08062018-IMG_9138_4x3
Revestido com lâmina natural importada de madeira carvalho e estrutura em aço carbono. Tem um compartimento ideal para guardar garrafas ou vasos com plantas e objetos de decoração.
_MG_7175
Cachepô Visby é revestido com ripas maciças de madeira jequitibá.

Entre as criações da linha estão cama, mesa, cadeira, mesa lateral, carrinho de chá, cama pet e sapateira. Destaque para o Carrinho BG, revestido com lâmina natural importada de madeira carvalho e estrutura em aço carbono, que pode servir para acomodar garrafas, copos e taças e também de aparador para vasos e livros. Outro item de sucesso é o cachepô Visby, feito de ripas maciças de madeira jequitibá e ideal para plantas de médio porte em ambientes internos.

pend1
kit penduradores vik (3 un.)
pend-4
Disponível com duas versões: jequitibá natural e ebanizado (preto).
mesa
Mesa Berger: tampo revestido com lâmina natural de madeira ash ebanizada e pés em aço carbono. Pode ser usada como mesa de jantar, escrivaninha de trabalho ou mesa de reuniões.

A mesa Berger reflete uma característica marcante da produção da WOODING: a valorização da estética natural da madeira. Na peça, a textura e os veios da madeira importada ash ebanizada ficam bem evidentes. Assim como outras criações da marca, a mesa tem um caráter bastante versátil, podendo funcionar de mesa jantar, de reunião ou escrivaninha. “Vejo o brasileiro gostando bastante da estética escandinava, reta, limpa e simples, mas acredito que tem também uma busca por móveis inteligentes, que possam servir para mais de uma função. Afinal, as casas estão ficando menores e os espaços precisam ser otimizados. É uma tendência contemporânea”, defende Rafael, que promete ainda mais novidades no próximo ano. “Em 2019, quero lançar peças assinadas por designers que admiro”, revela.


Visite a loja WOODING na Boobam:

Screen Shot 2018-11-12 at 18.48.35

Jornalista convidada: Flora Monteiro
Matéria exclusiva para o Blog Boobam

Flora Monteiro
Posted by:Flora Monteiro

Deixe uma resposta