Quem circular pela Oca no parque Ibirapuera, em São Paulo, entre os dias 16 e 18 de agosto será surpreendido por diversos ambientes com trabalhos originais e criativos. Trata-se da 34ª edição da feira Paralela que reúne design autoral e artesanato contemporâneo em uma atmosfera onde a troca entre expositores e visitantes é constante.

paralela_banner_facebook

O evento tem entrada gratuita e exclusiva para compradores e profissionais do setor, que circulam por entre os estandes em busca de novidades, tendências e novos talentos. Consolidada no mercado como um espaço de fomento aos negócios e à produção de móveis e objetos brasileiros, a feira traz para esta edição mais de 40 nomes, entre consagrados e talentos promissores. Segundo a curadora Marisa Ota, o objetivo é reforçar o DNA do design autoral, mantendo o vínculo afetivo entre o expositor e os visitantes, em um evento bem distribuído e altamente direcionado.

Ao encontro do que foi apresentado em outras mostras recentes do setor, como a CASACOR São Paulo e a MADE, a natureza marca presença também na Paralela, seja como inspiração ou matéria-prima para os produtos. Muitos designers trabalharam diretamente com plantas, pedras e elementos naturais, enquanto outros exploraram as linhas orgânicas da madeira e do metal em suas peças.

Em nossa visita, selecionamos as novidades e os destaques apresentados na feira – a maior parte deles você irá encontrar aqui na Boobam em breve!

Paralela-68
Paulo Goldstein lançará em breve na Boobam a nova coleção.

Um espaço que está roubando a atenção do público é o do designer Paulo Goldstein. O designer trouxe para o evento produtos com design conceitual, cuja forma é explorada como elemento primordial. Entre os lançamentos estão os vasos da série V. “A ideia foi gerar uma estrutura ideal de apoio para cada tipo de flor ou folha”, conta ele. Sutil e delicada, as peças fazem uso do aço e do latão e exploram o movimento e o equilíbrio próprios de cada planta.

Paralela-70

Outra novidade são os relógios minimalistas Less – remetendo ao lema ‘less is more’, de Ludwig Mies van der Rohe. “O relógio de ponteiro se tornou um elemento decorativo, uma vez que sua função foi substituída pelos smartphones e aparelhos digitais, por isso me preocupei muito com o desenho de cada um deles”, explica.

As produções de Paulo estarão – muito em breve – na Boobam.

Paralela-71Paralela-69

“Vai ser muito bom abrir a loja em uma plataforma na qual o design é bastante valorizado. Será um canal importante de divulgação do meu trabalho”, diz ele.

Já no espaço de Bianca Barbato materiais variados como acrílico, aço e metal aparecem na composição de objetos de formas orgânicas e geométricas. Destaque para os vasos Argolas, feitos de resina em diversas cores, cujas argolas podem ser colocadas em diferentes disposições. Estão presentes também as luminárias Cata-vento, de cobre, latão ou acabamento niquelado.

Paralela-85

luizaflorenzano-boobam-paralela_106

A designer Carol Gay está entre os nomes consagrados da feira. Por meio da coleção S.O.M, ela convida o usuário a sentir a percepção do som através do vidro. O material soprado funciona como amplificador da playlist do celular. Cada peça é feita artesanalmente, o que garante o caráter singular. “É a primeira vez que exploro o vidro de uma forma diferente, que não seja em utilitários e nem luminárias”, conta ela.

Paralela-1

Paralela-6Danilo Costillas Atui, da Casa Costillas, tem seus desenhos autorais e contemporâneos em marcenaria bem representados com um portfólio variado de produtos. Entre as novidades está o cavalete Edison, que leva as madeiras amapá e peroba-rosa e ainda pode ganhar múltiplas configurações. “Eu quis criar uma peça superflexível, que pudesse ter seu uso adaptado para uma mesa, bancada ou aparador”, explica.

Paralela-17

Paralela-19O trabalho do designer Felipe Ramos ganhou destaque na Paralela. Além do estande com as suas peças – entre elas a poltrona Elo, cuja forma foi inspirada nos movimentos de exercícios de alongamento –, o seu mobiliário compôs também as estações de trabalho abertas aos visitantes e administradas pelo coworking CODESIGN.

Paralela-116
Conj. de pedestais + cachepot à venda na Boobam.

O artista Leonardo Bueno apresenta na feira as esculturas Lips – o nome remete ao formato de uma boca do objeto – e Meninos, duas peças independentes, mas que seguem o mesmo balanço. No segmento de mobiliário, as novidades são as mesas laterais com base de aço carbono e tampo de madeira imbuia. Entre os designers com loja na Boobam, ele reconhece a importância da plataforma. “Estar com o meu trabalho na Boobam é uma chancela de qualidade. Ter esse reconhecimento é muito importante no mercado”, comenta.

Paralela-61

Paralela-12

Paralela-13
Poltrona Eduardo

Com o trabalho focado na conservação da madeira como material orgânico, o MoBu Atelier aposta em pesquisas e estudos para a melhor preservação das peças, assim como no uso exclusivo de produtos naturais não tóxicos nos acabamentos. Entre os objetos apresentados estão o centro de mesa Oliva, de imbuia com acabamento em azeite de oliva, e os pratos que fazem uso do óleo de nozes. “Queremos que as pessoas sintam e vivenciem a experiência do contato direto com a madeira. Os produtos remetem aos tempos em que as refeições na Itália eram feitas na mesa, sem pratos ou toalhas”, explica Gustavo Moreau, sócio ao lado de Fabio Bueno Santos e Gabriel Bueno.

Paralela-72

Paralela-76

Paralela-75
Envelhecedor de Cachaça e=MC³

A artista Paula Juchem traz para a Paralela a coleção Sambaqui composta por uma série de pratos em cerâmica ilustrada por diversos artistas brasileiros e estrangeiros. O propósito é fazer um catálogo de desenhos autobiográficos criados em cima de uma mesma base: um prato de porcelana de 21cm de diâmetro. As peças são produzidas artesanalmente em serigrafia e queimadas 800 graus celsius.

Paralela-43

Estande disputado entre os lojistas e compradores, o espaço da designer pernambucana Renata Távora Brennand, do Studio Massa, reúne peças que mesclam cores, materiais, técnicas e acabamentos. Entre os lançamentos estão as bandejas Orelha e as prateleiras Aquarela. “É a primeira fez que faço acessórios. Tive a preocupação de trazer para a feira produtos com um design conceitual, mas que também atendam a um viés mais comercial”, explica ela.

Paralela-49

Paralela-50

Paralela-52

Paralela-56

A arquiteta Nara Ota cria peças de design unindo técnicas de projeto e de joalheria. Em uma cenografia que remete a um laboratório, a coleção de vasos e elementos decorativos foi inspirada nos objetos desse ambiente de pesquisa e experimentações. “Fiz durante muito tempo curso de joalheria e quis aplicar esse conhecimento na linha, explorando o vidro como material e dando um acabamento delicado, com detalhes em banho de ouro”, conta.

Paralela-80

Paralela-34

O fotógrafo Lufe Gomes, reconhecido por seus registros de casas com muita personalidade, apresenta peças desenvolvidas em parceria com algumas empresas, como a escrivaninha Harmonia, pela Movelaria Projetada; o sofá Equilíbrio, pela Toca da Movelaria; a mesa Soma+, pela Mezas.co; e estante e mesas de centro pela BM Estúdio.

Paralela-44

Paralela-63

As luminárias pendentes são as novidades da arquiteta Mel Kawahara. Feitas de filme de polipropileno, as peças têm um design delicado que lembra origamis. “Ainda na faculdade desenvolvi um trabalho de pesquisa prática sobre a potencialidade de materiais. Fiz uma série de objetos com papel e dobras, que evoluiu para o meu trabalho com as luminárias”, explica.

Paralela-101

Paralela-99

As esculturas de cerâmica da artista Luciana Brant têm formas simples inspiradas na arte figurativa primitiva e na folk art de diferentes culturas pelo mundo. Ela traz nas peças com texturas geométricas e pinturas com vários óxidos, de modo a tornar cada uma delas itens únicos.

Paralela-88

Paralela-87

Jornalista convidada: Flora Monteiro
Matéria exclusiva para o Blog Boobam
Fotos: Eduardo Magalhães

Flora Monteiro
Posted by:Flora Monteiro

Deixe uma resposta